Pesquise aqui

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Saudades de Casa

Esse é meu Pai Velho em seu lugar preferido
Te Amo!

É engraçado!

Quando somos crianças pedimos ao nosso Deusinho que o tempo passe bem rapidinho para nos tornarmos donos do nosso próprio nariz, mas quando esse tempo passa e olhamos para trás percebemos que ele não volta nunca mais.
Aos 15 anos de idade saí junto com minha irmã e minha prima da Cidade onde nascemos, Prainha, no interior do Pará, viemos para Manaus estudar, porque minha Cidade era tão pequena que na Escola só havia estudo até o Ensino Médio.
Como em Manaus as Escolas Públicas não tem férias no meio do ano, tínhamos que esperar até dezembro para rever nossos Pais, lembro muito bem, quando chegamos na Cidade queríamos saber só dos amigos e nem ai para a Família.
Hoje entendo que nada é mais importante que nossa Família e o que mais sinto falta hoje é da minha mãe e do meu Pai véio, hoje queria voltar a ser aquela criança que tinha medo do escuro e que dormir bem no meio dos dois na cama, queria me sentir protegida como me sentia quando criança, nossa! queria ir de bicicleta ver o jogo com o papai, queria que a mamãe fizesse gemada para mim e minha mana licolico, queria ver meu irmão crescer, QUERIA ESTAR COM VOCÊS NESSE MOMENTO DIFÍCIL...


QUERIA QUE TUDO VOLTASSE A SER COMO ERA ANTES!



Por: Elayne Costa

9 comentários:

  1. Sorte das pessoas de Manaus que puderam te conhecer.

    ResponderExcluir
  2. o bom das lembranças nao é a saudade , mais sim saber q tudo q viveu valeu a pena. no fim de tudo vc foi feliz ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi Elayne. Parabéns pela história. Mt bacana. Tbm já senti na pele isso. Complicado viver longe da família. Mas, tive a sorte de voltar a morar com eles. Agora, falta vc. Abraços e um ótimo final de semana! Beijos

    ResponderExcluir
  4. Danilo Toffoli Neiva9 de abril de 2010 12:57

    "Nada pára a marcha inexorável do tempo."
    O segredo é saber desfrutar os momentos sabendo que serão unicos e, também, aprender com as dificuldades que sempre existirão.

    Bjo querida!
    Parabéns pelas fotografias!

    ResponderExcluir
  5. Foi exatamente essa sensação que eu sentir, quando tu e a sanaira me deixaram...

    ===

    AMIGA, TU ESCREVE TÃO BEM
    TE AMO MUITO.

    ResponderExcluir
  6. Tem Dias que a gente se sente, como quem partiu ou chegou...
    Tem dias que nos sentimos Perdidos!!!

    texto lindissimo

    ResponderExcluir
  7. a cada vez penso como vc me espelh em vc...pois sou...um eterno adimirador do seu trabalho sempre serei!!
    te amo DOMINGONA(FILHA DO ZELÃO)rsrsrsrs te adoro!

    ResponderExcluir
  8. o tempo não para, não para não, não para .... que bom pois assim podemos continuar nos movimentando e mudando,parabens mana, vc como sempre me surpreendendo bjssss Te Amo.

    Gleyse

    ResponderExcluir